Dá para ser muito feliz consumindo menos

141. Lavar roupa na bacia é divertido

As roupas vão sendo promovidas da água com sabão para o primeiro e depois segundo enxágue, passando pela cadeira furadinha para escorrer.

Com 50 litros de água, 4 colheres de sopa de sabão de coco em pó, algumas esfregadas com sabão de coco em pedra e um tantinho de exercício ficou tudo limpo. E a água restante regou a horta!

Há cerca de 2 anos resolvi lavar roupas na bacia em vez da máquina (que só uso para centrifugar). Para economizar água e reaproveitar. Achavam que eu estava louca. Hoje em dia, quando conto isso, ainda vejo olhares horrorizados, como se fosse uma tortura medieval. Mas adoro! Abandonei primeiro o amaciante (inútil e cheio de química pesada), depois os sabões “normais”, fortíssimos, cujo cheiro hoje em dia não suporto nem de longe. Agora é só com sabão de coco. E estou em fase de testes para turbinar a lavagem. A tal ecoball não acho que funcione muito, mas tem quem aprove (https://www.youtube.com/watch?v=VWflBMq2e24). Bicarbonato, água fervendo (para roupas de cama), vinagre, enzimas, vou experimentando mas ainda não cheguei na fórmula perfeita e aceito sugestões.

 Começo pelas roupas mais claras e dá para reaproveitar a água para as próximas lavagens. Manchas e partes mais sujas são esfregadas com sabão de coco em barra. Com cerca de 50 litros lava-se um montão de roupa (o ciclo das máquinas consome mais de 100, se não me engano).  Aí nas fotos você vê: 2 fronhas, 2 lençóis de casal, 1 toalha de banho, 1 toalha de rosto, 4 camisetas, 3 bermudas, 1 calça, 11 peças íntimas.

100% da água que sobra misturo com outras águas utilizadas na cozinha (vale tudo que não tenha gordura ou muito sal), às vezes chorume e enzimas,  e rego as plantas.

Além disso a lavação é um ótimo pretexto para tomar banho de sol no jardim. Veja o passo-a-passo (e desculpe a desorganização das fotos, esse wordpress tem mil bugs na hora de mexer com imagem).

Antes de ir para o tanque, duas dicas: o post da Neide Rigo que menciona suas experiências incríveis na lavandeira (http://come-se.blogspot.com.br/2014/10/como-manter-sua-horta-e-seu-jardim.html) e esse projeto no Peru que leva soluções de baixo custo a comunidades carentes (https://www.youtube.com/watch?v=YdXaL9DlEqs).

Primeiro é pegar o material (bacias, sabão, ecoball, cadeira furadinha, balde de água recolhida no chuveiro, saco de roupa)

Aí é separar pelas cores (brancas, claras e escuras), deixando a roupa de cama para ser lavada antes.

Coloquei cada lençol numa bacia com 10 litros de água e 2 colheres de sabão. Ficam de molho no sol para ajudar no branqueamento. No inverno, uso água fervente.

O lençol escorre na cadeira furadinha que era do escritório e agora virou da lavanderia. Junto as duas águas numa bacia só e coloco as roupas claras.

 

Os lençóis vão coarar na grama e lembro da infância, quando minha mãe e avó faziam isso no quintal.

 

Enquanto isso, esfrego os locais onde a sujeira aparece nas roupas claras com o sabão de coco em pedra. De chapéu que o sol está forte.

 

Os lençóis voltaram e estão enxaguando em 20 litros de água novinha, as roupas claras escorrem e as coloridas vão para a bacia com água e sabão.

 

Antes de enxaguar as roupas claras passo na centrífuga para ajudar a retirar o sabão.

 

Chegou a vez de esfregar as roupas coloridas. É hora da dança das cadeiras.

 

As roupas vão passando de uma bacia para outra e antes de mudarem de estágio espremo na cadeira e coloco um pouco na centrífuga.

 

O lençol já está limpo e estendido..

 

E as outras roupas vão seguindo a trilha, do enxágue, para a centrífuga e para o varal.

 

O capítulo roupas está encerrado. Agora é fazer o manejo da água.

 

Essa é a água que sobrou: o sabão praticamente sumiu e essa cor vem sobretudo dos pigmentos das roupas.

 

Junto tudo na mesma bacia, acrescento água de reuso vinda da cozinha, chorume do minhocário e enzimas (que algum outro dia explico).

Final feliz: 100% da água vai ajudar a regar as plantas!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Você também poderá gostar de:

Deixe um comentário

You can use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Simplesmente

Dá para ser muito feliz consumindo menos.

Visitantes no blog

  • 345595Visitas:

RSS

Assine este feed

Posts por categoria